17 de setembro de 2012

Larguei o papel. Qual papel?!

Depois dos destralhamentos, fiquei não só chocada com a quantidade de papel que guardava mas também com a quantidade que usava e por sua vez imprimia.

É verdade que eu nunca fui de imprimir papel indiscriminadamente, até porque na maioria das vezes faço-o em casa e o custo dos tinteiros é um escândalo. Mas percebi que imprimia e usava mais papel do que realmente precisava.

Depois disso, tomei uma medida e praticamente deixei de imprimir documentos. Prova disso é que não me lembro da última vez que imprimi algo em casa. Só uso a multifunções para digitalizar.

Em vez de imprimir eu transporto os documentos virtualmente, no tablet ou notebook.
Com isso, poupei também na compra de alguns livros. Continuo a ler, mas dou preferência aos e-books, pois são mais baratos e não ocupam espaço.
Mas depois dizem-me: “Ai mas ler no tablet/PC não é a mesma coisa… e não podes folhear as páginas… e sentir a textura das folhas.”
É verdade, não é a mesma coisa, mas é igualmente bom. É do género: "primeiro estranha-se, depois entranha-se."
Mas depois dizem-me também: “Ah, mas não podes riscar e fazer apontamentos!”
Enganam-se. Posso riscar, escrever, desenhar no tablet/notebook com o Adobe Reader. E espantem-se: é fácil de usar!
Além disso, sempre que for mesmo necessário fazer apontamentos no papel, posso imprimir. Mas tenho sempre como primeira hipótese não o fazer.
Eu estou a adorar poder ter uma biblioteca sempre comigo e mudar de livro quando me apetece. E transportar os documentos sem ter que gastar papel e tinteiros.
Ser mais eco-friendly agrada-me muito. E claro, ter menos trabalha comigo, mais ainda.

2 comentários:

  1. Concordo plenamente contigo :) mas a mim atrofia-me imenso os olhos seguir leitura de modo mais ou menos intensivo num ecrã. Perco-me imensas vezes e faz-me muita confusão. Mas concordo contigo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, isso também me acontecia. Mas não sei porquê, parece que agora não sinto tanto. Talvez seja uma questão de habito, não sei. :)

      Eliminar