29 de agosto de 2013

O que é o Mindfulness? #2

Quanto mais aprendo sobre Mindfulness, mais certeza tenho que esta é ferramenta perfeita para a vida.

No post anterior eu referi uma das formas de praticar Mindfulness, que é a Informal. Ou seja, não é escolhido um momento do dia para parar e praticar, mas sim usar as tarefas do dia a dia como pretexto para o pôr em pratica.
A prática Formal, é precisamente a contrária. A pessoa deve parar alguns minutos, sentar-se/deitar-se e ficar focada no seu corpo e na sua mente. Uma espécie de "Scan do Corpo" e da mente como referi «neste post».

Jamais se deve confundir Mindfulness com Relaxamanto.
Relaxamento tem como objectivo relaxar, como o próprio nome indica. Com exercícios que deixam menos tenso o corpo.
O Mindfulness tem como objectivo manter-nos presentes e observar todas as experiências que o nosso corpo e o espaço em volta nos oferece. Para que possamos viver plenamente, sem ansiedade. 
Se o exercício trouxer momentos de relaxamento óptimo, se não trouxer, óptimo também porque o objectivo é OBSERVAR!

Não devem ser esperados resultados imediatos. É no decorrer dos dias que se sente a diferença.
Por exemplo, quando pratico logo de manhã e o faço diariamente eu sinto que o meu dia corre muito melhor. É quase inacreditável a diferença que faz. Fico muito mais focada nos acontecimentos presentes. Evito acidentes porque estou muito mais atenta, não ando a bater pelos cantos completamente aérea como era costume meu!, consigo perceber mensagens subtis em diálogos do dia a dia e sinto-me mais confiante na hora de responder e agir. Estou muito mais ligada ao meu corpo. É como se ele estivesse a falar também. E isso é fantástico.
Já disseram algo que pareceu que não foi dito só da boca para fora? Como se as palavras viessem mesmo do interior? Como se o corpo tivesse falado e apenas a boca reproduzisse? É o mesmo.

Já vos aconteceu manterem um diálogo com alguém menos bem intencionado, que vos causou desconforto, mas que no momento da conversa não conseguiram perceber a real intenção da pessoa? E só horas depois, ou até dias depois, é que percebem que aquela pessoa vos estava a despejar o seu lixo e que o seu discurso era tóxico? 
Isso acontecia-me muitas vezes. Aconteceu na minha vida vezes demais. Aliás, permiti isso durante anos sem ter noção de tal.
Pois o Mindfulness tem o objectivo de reverter esse estado de névoa constante.


Descobri o livro Mindfulness for Dummies (acho que não existe em português, mas este lê-se bem) e do que li até agora, considero-o super completo. Um guia muito bom para quem quer aprender mais sobre esta técnica.


Noutro post explico mais detalhes sobre como praticar, e revelo uma ferramenta que se tem tornado uma peça fundamental para me ajudar a treinar.

Sem comentários:

Enviar um comentário