26 de outubro de 2013

1 ano sem carne

Faz hoje um ano que deixei de comer carne. Yei!
E tudo se mantém da forma que expliquei AQUI no post anterior sobre o tema.


As perguntas que me fazem com mais frequência são:

Não comes carne? És vegetariana!
Não, eu como peixe.

Não comes carne porquê?
Por questões de saúde, por questões ambientais e pelo sofrimento animal que por sua vez tem impacto no primeiro ponto (a minha saúde).

Estás numa transição para te tornares vegetariana?
Hoje não tenho qualquer pretensão em me tornar vegetariana, mas amanhã não sei. Bem como não sei se algum dia voltarei a comer carne. 
Como não sei, não penso nisso.

Não sentes vontade de comer carne?
Sinto saudades do sabor de alguns pratos que se cozinham normalmente com carne, mas não da carne.
Por exemplo: ficaria satisfeita se tivesse oportunidade de comer um(a) "hamburguer"/"bifana" com todos os molhos e restantes ingredientes, se pudesse substituir a carne por um hamburguer de aveia e nozes por exemplo, ou uma fatia de seitan temperado da mesma forma.
Mas sabendo que aquele prato tem carne, não sinto vontade alguma de o comer. Blherk!

Faz-te confusão que coma carne à tua frente?
Absolutamente nenhuma. Respeito as preferências dos outros da mesma forma que exijo que respeitem a minha.

Tens que tomar suplementos vitamínicos, certo?
Tomo vitaminas pelo menos uma vez por ano, da mesma forma que fazia quando comia carne. 
As analises de rotina, também não revelaram nada de diferente.


Resumindo, esta minha decisão continua a deixar-me feliz. E ficaria mais feliz se ao partilhar a minha experiência, sensibilizasse outras pessoas para que pensem neste tema e pelo menos reduzam o consumo de carne. Se todas as pessoas o reduzissem para metade, resolveríamos grande parte dos problemas originados pelo seu excessivo consumo. 

Informem-se e escolham com consciência.


5 comentários:

  1. Parei tem 10 dias. Pretendo ficar 1 ano. Como você, não sei o que acontecerá depois. Não estou sentindo falta, exceto de alguns pratos que fazia aos domingos, como polpetone e outros, mas talvez mais pelos complementos como queijo e molho. Também não ligo se comerem perto de mim. Até irei em algum churrasco se me convidarem. Como um queijinho se tiver. Também parei de beber e estou sentindo falta de um bom vinho. Mas vou me manter firme.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fisicamente eu nunca senti falta da carne. No principio é normal que sintamos alguma "confusão" da hora de cozinhar algumas coisas, porque não temos a carne para acompanhar. Mas se comprar alguns alimentos como soja, seitan e tofu para acompanhar as refeições no lugar da carne, fica mais fácil.
      Eu nunca mais voltei a comer carne. E começo a achar que não conseguirei mais voltar.

      Eliminar
  2. Você sabe que eu não como carnes vermelhas e aves a 20 anos, mas peixe eu ainda como.
    Mas evito a todo custo produtos testados em animais. Muito edificante este seu depoimento, tenho certeza que irá ajudar a muitas pessoas em mudar de atitude.
    Parabéns!
    Beijos
    Lola

    ResponderEliminar